Como liderar o crescimento profissional da sua equipe

Compartilhar no linkedin
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp

Um dos grandes desafios dos gestores é saber como liderar o crescimento profissional da equipe.

 

Cada indivíduo tem suas características, necessidades, motivações e satisfações especiais.

 

O crescimento de um líder na empresa depende também do desenvolvimento dos profissionais que trabalham junto com ele.

 

Afinal, um grupo eficiente é o que consegue somar diferentes talentos e habilidades, de modo a alcançar os resultados esperados pela organização.

 

Mas como, na prática, estimular o crescimento profissional dos colaboradores?

 

Leia este artigo até o final e aprenda algumas dicas.

 

Converse com a sua equipe

 

Um papel importante e intransferível do líder nas conversas de carreira com o seu time pode representar um desafio de como conduzi-las, respeitando a visão de futuro que se tem para cada pessoa.

 

Apesar de desafiador, é justamente esse o caminho: levar cada liderado, de forma personalizada, a pensar e ouvi-lo sobre seus próprios pontos fortes, aspirações, motivações e ajudá-lo com feedback honesto, objetivo e respeitoso sobre suas realizações e entregas.

 

Para isso, procure entender com cada membro da sua equipe:

 

  • Quais são os projetos ou atividades que mais gostaram de participar;
  • Quais suas aspirações para os próximos dois a cinco anos;
  • Quais as habilidades requeridas para essas responsabilidades.

 

Finalmente, é preciso oferecer o seu suporte, como líder, para que possam identificar as experiências ou a formação necessárias para desenvolver essas habilidades, através de um plano claro.

 

 

Crescimento além da promoção

 

Muitos liderados esperam uma resposta pronta e imediata do seu gestor, uma lista de posições ou cargos a ocupar.

 

Missão impossível para um líder, já que o plano de desenvolvimento é individual e a estrutura organizacional é muito dinâmica hoje em qualquer empresa.

 

Mais do que posições, é preciso valorizar as experiências obtidas em um projeto envolvendo muitas áreas, diferentes regiões ou países, que lhe possibilitem ter uma visão sistêmica, trabalhar de forma colaborativa com pares, negociando prazos e diferentes interesses, exercendo a chamada liderança por influência.

 

É comum constatar que várias pessoas com histórico de insucesso ou baixa performance em posições novas não tiveram o uso de seus pontos fortes ou habilidades explorados, ficando suas dificuldades ou pontos fracos muito expostos.

 

Esses profissionais também não contaram ou não pediram apoio do gestor imediato, aumentando ainda mais a complexidade da transição.

 

Se coloque no lugar deles

 

Uma boa forma de praticar esse momento, como líder, é começando a ter essa mesma conversa com o seu próprio gestor.

 

Isso não só o ajudará a ter perspectivas sobre a sua carreira, mas também a se colocar no papel do seu liderado, experimentando anseios e dúvidas.

 

Ter um time preparado ou exposto a situações que o faça crescer e um sucessor identificado são resultados tangíveis muito procurados nos líderes em organizações de alta performance e dinâmicas, de qualquer porte, que acompanhem as constantes mudanças.

 

O ambiente formal, em sala ou reunião, ou o ambiente informal, como um café, podem ser usados para uma boa conversa de carreira.

 

Essa atitude continua sendo uma boa reflexão e autoconhecimento de quem indaga, interesse genuíno e escuta ativa de quem ouve, e um plano traçado e seguido em conjunto.

 

E depois mãos à obra para fazê-lo acontecer!

Sobre o autor

Artigos relacionados

Estratégias baseadas em grandes ideias vencem

Cadastre-se para receber mais artigos como este e domine sua função

Usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência com nossos serviços, personalizar publicidade e recomendar conteúdos de seu interesse. Ao continuar navegando, você concorda com tal monitoramento. Para mais informações, clique aqui.