Blog

Insights de gestão para você antecipar, assimilar e solucionar os seus desafios de negócio

Prêmio Educorp: como uma universidade corporativa sólida ajuda o Bradesco a ser um banco de carreira
Alinhada aos objetivos estratégicos da empresa, a Unibrad promove a educação para a excelência profissional e a mobilidade social.

Conecte-se

[addthis tool=addthis_horizontal_follow_toolbox]

Formar pessoas que entram com um cargo inicial para se desenvolvem internamente, galgando aos poucos o seu crescimento profissional. Esse é o objetivo da Universidade Corporativa do Bradesco, a Unibrad, criada há seis anos.

Na prática, isso significa que o banco não contrata um gerente de contas, mas sim um escriturário, que se torna caixa, analista e, posteriormente, um gerente. De acordo com Elka Juttel Silva, gerente de treinamento, o Bradesco sempre foi um banco de carreiras.

A missão do banco é formar pessoas, o que justifica o alto investimento em treinamento.

Por meio de uma educação corporativa alinhada aos objetivos estratégicos da empresa, a Unibrad promove a educação para a excelência profissional e a mobilidade social.

Essa iniciativa conquistou o 2º lugar na categoria Universidade Corporativa do Prêmio Educorp, entregue no final de julho pela Blueprintt.

 

Quer saber por que essa iniciativa se destacou tanto?

Leia este artigo até o final.

 

Universidade Corporativa do Bradesco

Como trocar a roda de um caminhão em movimento?

Eis um dos desafios da empresa: seguir capacitando pessoas sem que a estrutura organizacional pare de crescer. Por isso, a decisão do Bradesco criar uma Universidade Corporativa – a seis anos atrás – se mostrava a melhor solução. Era preciso construir uma outra frente, tão importante quanto a dos negócios – a educativa.

A Unibrad possui 10 escolas e todas têm uma relação com o mapa estratégico da organização, fator fundamental para o sucesso da empreitada.

A Escola Cidadania e Sustentabilidade traz o tema como um dos olhares principais do Bradesco. A visão social da empresa busca promover soluções sustentáveis interna e externamente.

Isso se reflete também na Escola Segurança e Relações Operacionais, que mostra a importância da segurança dos funcionários, da conduta ética e dos processos operacionais.

A Escola Relacionamento com o Cliente é uma das que fazem parte do coração da empresa, afinal, cuidar do cliente é um dos papéis mais importantes da instituição financeira.

Assim como a Escola de Negócios também tem atenção especial por se tratar de uma das áreas mais relevantes do Bradesco na formação de profissionais extremamente qualificados para os processos de vendas.

Nesse contexto, a Escola Liderança é tão fundamental quanto, já que tem papel crucial na missão da Universidade Corporativa.

 

 

Como organizar uma corporação sustentável sem bons líderes?

 

Nessa escola são adotadas as “5 práticas do líder”, uma metodologia que desenvolve o funcionário e dá o direcionamento que ele precisa para se tornar um líder com as características que o Bradesco espera dele.

A Escola Inteligência do Negócio propõe uma mudança de mindset e também traz elementos do Design Thinking no desenvolvimento destes profissionais.

A Escola Identidade Organizacional foca na cultura sustentável, que é aplicada na integração do ambiente onde os colaboradores convivem.

A Escola Gente já explica no nome o valor que as pessoas têm dentro da instituição. Ela atua principalmente na atenção com a qualidade de vida de seus colaboradores e de trabalhar seu autoconhecimento.

A Escola de Excelência Operacional está atenta aos projetos e processos estruturais de toda a organização.

Por fim, a Escola Digital, como escola caçula (criada dois anos após a fundação da Unibrad) veio para manter a estratégia de educação corporativa viva dentro da empresa, atenta aos modelos digitais vigentes e na capacitação técnica e sempre atualizada desses profissionais frente às transformações digitais e tecnológicas.

 

Sponsor

Outro elemento que se destaca para o sucesso do empreendimento é o envolvimento da diretoria nos processos da Unibrad. São feitas entrevistas com diretores, vice-presidentes e também tem o envolvimento direto do presidente para alinhar os objetivos da empresa com os treinamentos. As Escolas, por exemplo, possuem um Sponsor (diretor ou VP), que participa de reunião mensal ou bimestral com alguns dos colaboradores, independentemente do nível hierárquico destes.

O sponsor direciona e demanda novos objetivos das áreas, apontando juntamente com eles quais são as necessidades de aprendizagem, avaliando também o que está de acordo com as estratégias da organização. Ele decide quais assuntos focar, sugerindo também alguns treinamentos específicos.

Todo ano é eleito um novo sponsor, para que todos tenham oportunidade de apresentar suas estratégias, conhecimentos e experiências – já que se tratam de várias diretorias.

 

Diferentes formas de educar

Existem várias outras soluções de aprendizagem dentro da Unibrad, presenciais, em formato de cartilhas e até com o uso de plataformas de terceiros como o Watson, da IBM, que consiste em criar uma parceria inteligente entre pessoas e computadores.

Já foram realizados também games no formato de competição de questões, promovendo gestão do conhecimento.

Além de providas hackathons, maratonas de programação que reúnem vários colaboradores em ambientações hackers para resolver problemas de forma rápida, transmitindo o valor de comunidade integrada ao conhecimento.

Eleita a melhor Universidade Corporativa do mundo em 2017 pela GlobalCCU Awards, a Universidade Corporativa do Bradesco tem o desafio atual de sustentar esse título e seguir trazendo resultados positivos. Por isso a questão social –  outra esfera tão importante quanto as demais – é tratada com atenção.

O Bradesco disponibiliza 25 cursos gratuitos online, para qualquer pessoa, além de ministrar palestras e cursos de educação financeira para microempreendedores e empresas que estão começando.

Isso permite que o Bradesco esteja sempre engajado com o compromisso de educar e formar pessoas além da sua estrutura organizacional, além de ser uma forma de sempre estar próximo do cliente.

 

Gostou do case do Bradesco?

 

Aliás, já tínhamos falado sobre ele no post Como aumentar o engajamento dos seus funcionários na educação corporativa.

Fique ligado que os demais premiados do Educorp também serão apresentados no blog da Blueprintt.

Autor

Flávia Lima

Flávia Lima é jornalista pela PUC-SP e pós-graduada em Comunicação e Marketing pela ECA/USP. Possui ampla experiência como jornalista setorizada. Atualmente, é gerente de conteúdo da Blueprintt, responsável pelo planejamento de congressos corporativos nas áreas de RH Estratégico, Marketing e Tecnologia da Informação.