Blog

Insights de gestão para você antecipar, assimilar e solucionar os seus desafios de negócio

Analisando a viabilidade para a adoção de um RH Digital
Um mix de soluções tecnológicas é capaz de transformar toda a rotina de um departamento pessoal, trazendo responsabilidades mais estratégicas. 

Conecte-se

[addthis tool=addthis_horizontal_follow_toolbox]

Considerando que o conceito de indústria 4.0 se estendeu para além da área operacional das empresas, falar de tecnologia é algo comum para qualquer setor. É o caso da implementação de um RH digital, um mix de soluções tecnológicas capaz de transformar e automatizar toda a rotina de um departamento pessoal e, principalmente, trazer para essa área responsabilidades muito mais estratégicas. 

No entanto, a adoção de um RH Digital requer não somente a implementação de novas tecnologias e ferramentas, mas também uma revisão e reformulação contínua de processos, ambientes e da própria percepção dos colaboradores do negócio.  

Com base em um modelo aplicado pela Gol, preparamos este post completo e destacamos alguns pontos fundamentais para tornar possível essa transformação digital dentro de um setor de Recursos Humanos. Sendo assim, continue a leitura e tome nota das informações.

Quais as principais tendências para um RH Digital? 

Conforme resumimos acima, o conceito de RH Digital se baseia na aplicação de um mix de diferentes soluções tecnológicas, visando sempre a máxima automatização dos processos e rotinas do departamento, economizando tempo e custos, otimizando as tarefas da equipe, aumentando a produtividade profissional, oferecendo mais informações para a tomada de decisão dos líderes e, por fim, proporcionando níveis de excelência para a área. 

Nesse sentido, alguns fatores e tendências se tornam essenciais para a implementação desse conceito. São eles: 

Inteligência Artificial 

A chamada Inteligência Artificial se consolida a cada dia nas mais variadas áreas organizacionais e não seria diferente nos Recursos Humanos. Graças a esse tipo de ferramenta, é possível obter dados e informações de forma ágil, segura e confiável, além de processá-las com total eficiência. 

Quer um exemplo para ficar mais fácil de compreender? Um chatbot é uma ferramenta que pode ser adotada dentro de um RH Digital que utiliza a Inteligência Artificial para “conversar” com os clientes internos por meio de diferentes plataformas e aplicativos. 

Ou seja, essa ferramenta tecnológica é capaz de obter dados, informações e, até mesmo, orientar o usuário, como se fosse um assistente de RH, interagindo por meio de mensagens automatizadas e inteligentes. 

É uma forma de automatizar tarefas diárias comuns e poupar o tempo de profissionais “reais”, que podem produzir mais em outras atividades que sejam mais estratégicas para o negócio.

Data Analytics 

Para um gestor de Recursos Humanos, tomar decisões é uma estratégia diária e fundamental, tanto para o desempenho de seu setor quanto do negócio. No entanto, trazendo isso para a era do RH Digital, essa prática já deixou de se basear apenas na intuição da pessoa e passa, cada vez mais, a utilizar o cruzamento de dados e informações digitais. 

Enquanto o papel das ferramentas de Inteligência Artificial é de interagir com os usuários e, ao mesmo tempo, coletar e organizar as informações, a tarefa do Data Analytics é mensurar, analisar e processar todos esses dados, tornando-se, assim, fundamental para uma gestão estratégica de pessoas e possibilitando tomadas de decisão baseadas em números e, portanto, muito mais precisas.

Gamificação 

Outra ferramenta indispensável para o RH Digital é a gamificação, que pode ser utilizada tanto na vida pessoal quanto na profissional. Na prática, trata-se do uso de mecânicas e dinâmicas próprias dos jogos com objetivos como engajamento, motivação, integração ou mudança de clima organizacional. 

O intuito é despertar a curiosidade dos participantes e conseguir avaliar o comportamento de cada indivíduo dentro de situações diferentes.  

No entanto, essa ideia de gamificação não se limita a treinamentos e avaliações do cliente interno, mas também pode se estender a outras áreas, como o processo seletivo e o próprio atendimento ao colaborador.  

Com ferramentas e métodos apropriados, o RH Digital tem a possibilidade de proporcionar uma metodologia lúdica de aprendizado e, ao mesmo tempo, garantir feedbacks mais valiosos para determinado processo. 

Modelos de suporte e atendimento 

Já falamos do uso da Inteligência Artificial, com o exemplo dos chatbots, e da metodologia de gamificação, que é aplicável em alguns processos. No entanto, um RH Digital pode contar com muitos outros modelos de suporte e atendimento, como é o caso de portais de RH, autosserviços, quiosques e, até mesmo, ferramentas mobile. 

Essa última, inclusive, já faz parte da rotina de muitos profissionais no Brasil e no mundo. Atualmente, com a ajuda de aplicativos próprios, líderes e colaboradores conseguem se comunicar, produzir mais e até solucionar problemas de onde quer que estejam. 

E não é só isso! A tecnologia mobile aplicada ao RH Digital é capaz de reduzir custos, aumentar a eficiência de determinados processos e, principalmente, trazer novas experiências à rotina do colaborador. 

Robotic Process Automation 

Um dos principais objetivos da transformação digital nos Recursos Humanos é facilitar a vida das pessoas, sejam líderes, equipes ou clientes. Com isso, o Robotic Process Automation (RPA) surge como uma solução moderna para servir como um “braço direito” desses profissionais, possibilitando automatizar uma série de atividades que antes precisavam ser manuais. 

Na prática de um RH Digital, os sistemas de RPA permitem otimizar diversas tarefas ao mesmo tempo, lidar com documentos essenciais, organizar dados e registros e concluir funções diárias repetitivas. 

E quais os principais benefícios da adoção do RH Digital? 

Com a otimização dos processos e tarefas do setor, a tendência é que haja uma verdadeira transformação, tanto no ambiente quanto na forma dos colaboradores lidarem com as rotinas do RH.  

A seguir, listamos alguns dos principais benefícios da implantação de um RH Digital:

  • estimula uma comunicação mais transparente e dinâmica; 

  • economiza tempo e recursos; 

  • promove uma visão mais humanizada do colaborador; 

  • aumenta a produtividade; 

  • melhora os resultados entregues; 

  • facilita a tomada de decisão dos líderes; 

  • proporciona melhores experiências para o usuário. 

Enfim, essas foram algumas dicas sobre como é possível adotar um RH Digital e quais são os principais impactos disso para o setor, para o negócio e, principalmente, para o capital humano que compõe a empresa. 

Gostou? Deixe seu comentário abaixo.

Autor

Ana Paula Rocha

Formada em jornalismo pela PUC-SP e pós-graduada em Mídias Digitais pelo Senac, Ana Paula Rocha tem mais de 10 anos de experiência com reportagens especializadas e para a internet. Atualmente, é gerente de conteúdo na Blueprintt, à frente das áreas de Serviços Financeiros, Finanças Corporativas e Serviços de RH.