Blog

Insights de gestão para você antecipar, assimilar e solucionar os seus desafios de negócio

Saiba usar a motivação no trabalho para aumentar a sua produtividade
O gestor inteligente precisa conceber formas estratégicas de motivar seus empregados e, com isso, alcançar mais lucratividade. Veja algumas dicas.

Conecte-se

[addthis tool=addthis_horizontal_follow_toolbox]

O que é motivação para você? Em que isso influencia a sua vida? E a vida dos seus colaboradores?

Já parou para pensar que motivação no trabalho é um elemento que impacta toda a vida do indivíduo? E que pode refletir até na produtividade dentro das empresas?

Se para você motivação no trabalho começa e termina quando você bate o ponto, é melhor repensar.

Se para você um colaborador motivado é um mero profissional que realiza bem o seu trabalho, é melhor ficar atento.

Neste artigo eu vou te explicar como a motivação no trabalho pode levar as empresas a lucrarem mais. E como a falta de motivação no trabalho pode ser prejudicial.

E ainda mais…

Como você pode trabalhar no sentido de conseguir uma gestão pautada em motivação e, consequentemente, mais produtividade em sua empresa.

Continue lendo para entender melhor.

Vamos falar de motivação

Motivação vem do Latim “movere” que significa mover. Segundo o Dicionário Aurélio é o ato ou efeito de motivar, despertar o interesse por algo ou alguém.

Talvez não saiba, mas a motivação é um elemento que acompanha toda a história da humanidade.

Desde a Grécia Antiga, através de Platão, os desejos e vontades mediavam a vida dos filósofos na busca pelo conhecimento.

Inclusive Charles Darwin, na Teoria da Evolução das Espécies, afirmava que o desejo de sobrevivência era o principal elemento motivador dos seres.

Freud, por sua vez, afirmava que a motivação trazia bons resultados, já possibilitava ao indivíduo buscar a realização de algo, buscando para isso, um bom desempenho em suas atividades.

Mas foi só a partir da Revolução Industrial que a motivação passou a ser analisada como elemento estratégico no contexto das empresas.

Nesta época começou-se a levar em conta que a motivação de um funcionário era capaz de levá-lo a ter determinado comportamento no trabalho.

O trabalho deixou de ser um ambiente apenas para se ganhar dinheiro e começou a ser um espaço onde as pessoas buscavam realização.

Neste cenário, tanto os trabalhadores quanto as empresas passaram a se esforçar para obter destaque e representatividade.

O ambiente de trabalho tornou-se um lugar extremamente competitivo.

As empresas começaram a notar o quanto a motivação realmente movia os trabalhadores a alcançarem novos níveis em seus desempenhos.

E ainda mais…

Podia fazer com que ele se sentisse como parte integrante de todo um processo da organização.

Motivação no trabalho não é novidade

Como você pode perceber, motivação no trabalho não é algo novo.

É um elemento que vem sendo estudado há décadas e que deve ser levado a sério por gestores que querem atingir bons resultados em seus negócios.

O conceito de motivação foi, inclusive, abordado por um dos estudiosos mais respeitados na área da Administração.

Abraham Maslow, em sua Teoria das Necessidades Humanas, mostrou que, a cada necessidade satisfeita do indivíduo, surge outra para servir de centro da organização do seu comportamento.

Para Maslow, o ser humano está em constante busca de satisfazer suas necessidades e alcançar crescimento e desenvolvimento profissional.

Sendo assim, as organizações deveriam levar em conta fatores psicológicos, fisiológicos e sociais para motivar os trabalhadores.

E não somente pautar no dinheiro recebido no final do mês, que, na época, era a única forma de motivação para os empregados.

Por isso é tão importante que as empresas passem a levar em consideração não só os aspectos financeiros.

E sim, em como gerir as pessoas de forma a torná-las mais motivadas e, consequentemente, mais produtivas.

Em 2010 a consultoria organizacional especializada em gestão de talentos e carreira, Right Management realizou um estudo comprovado que a produtividade está diretamente ligada à motivação no trabalho.

A pesquisa ouviu 28 mil profissionais, de 15 países, de 10 segmentos diferentes de atuação.

Desses apenas 34% declararam estarem motivados com o trabalho, gerando um descontentamento e, consequentemente, perda de produtividade.

O que levou à conclusão de que empresas que não motivam seus funcionários, podem perder, e muito, em lucratividade.

O estudo revelou ainda que empresas que motivam seus funcionários são quase 2,5 vezes mais produtivas do que aquelas que não atuam nesta questão. E o pior…

Estão 4 vezes mais sujeitas a perder seus melhores profissionais.

Ou seja, além de deter os melhores talentos, companhias que geram motivação conseguem um bom desempenho dos seus colaboradores e possuem produção e produtividade.

Não é por acaso que a motivação no trabalho tem sido vista como um dos principais pilares das organizações no mercado atual.

Empresas que investem em motivação no trabalho alcançam mais produtividade

Algumas empresas ainda não atentaram para isso.

Mas a figura do funcionário é extremamente relevante para qualquer negócio. Claro que ninguém é insubstituível.

Dentro do contexto das organizações, o empregado é uma das ferramentas fundamentais para a produtividade.

Sendo assim, funcionários motivados refletem nos bons resultados das empresas.

Os estímulos motivacionais adequados interferem significativamente na forma como o colaborador desenvolve o seu trabalho.

Por isso, empresas que almejam crescer no mercado devem enxergar o funcionário como parceiro.

O gestor inteligente precisa conceber formas estratégicas de motivar seus empregados.

E isso demanda estudar sua empresa e seus colaboradores buscando conhecer formas adequadas de gerir este público.

Como promover a motivação no trabalho

Não há dúvidas de que conhecer bem os seus colaboradores pode ajudar, e muito, a promover a motivação no trabalho. Mas não é só isso.

Um gestor consciente da importância da motivação no trabalho deve estar aberto a enxergar seus subordinados em todas as suas particularidades.

Deve proporcionar um ambiente agradável de trabalho, garantindo que as funções sejam cumpridas com alegria e empenho.

É preciso saber valorizar as ideias dos colaboradores, fazendo-os se sentirem parte integrante do processo.

Além disso, é importante que sejam oferecidas oportunidades de aprendizado para todos.

Isso contribui para a melhoria da qualidade no trabalho e, principalmente, para a valorização da carreira dos profissionais.

Adquirir conhecimento faz parte, aliás, da vida de profissionais que almejam crescimento na carreira. Seja gestor ou subordinado.

É um elemento fundamental para o desenvolvimento profissional e pessoal de qualquer pessoa.

Isso faz sentido para você?

Então, não perca tempo!

Empresas de sucesso em todo o país estão utilizando esta ferramenta essencial que auxilia na gestão de empresas, lideranças e produtividade.

➥Com apenas um click, terá acesso a leitura de excelentes livros sobre gestão. Conheça o Blueprintt Box!

Autor

Bruno Andrade

Bruno é CEO e co-fundador da Blueprintt. Ele é responsável por formular as estratégias e liderar nossa equipe à efetivamente ajudar líderes empresariais a antecipar, assimilar e solucionar desafios, proporcionando informações práticas e atuais sobre o ambiente de negócios.