Blog

Insights de gestão para você antecipar, assimilar e solucionar os seus desafios de negócio

5 dicas para se tornar uma das melhores empresas para trabalhar
Nunca se falou tanto sobre o impacto do investimento em capital humano no ROI e lucro das companhias. Essa é a hora de transformar o seu RH.

Conecte-se

[addthis tool=addthis_horizontal_follow_toolbox]

Nunca se falou tanto sobre o impacto do investimento em capital humano no ROI, no aumento de performance e nos lucros de uma companhia. Mas será que isso é que determina se tornar uma melhores empresas para trabalhar?

E foi com o foco na construção de um ambiente de trabalho, com promoção ao respeito e exaltando os valores da empresa, com o investimento em segurança, na qualidade de vida e na saúde dos funcionários que a Caterpillar se tornou um grande exemplo de uma das empresas que mais investe no recurso humano.

Nessa área, a empresa tem uma série de títulos como: top 50 de empresa Mais Admirada do Mundo, pela revista Fortune, a presença no ranking GPTW desde 2004, tendo ficado 9 anos entre top 5, 11 anos no top 10 e sendo cinco vezes vice-campeã, o 1º lugar no ranking Infojobs das “100 melhores empresas para Trabalhar no Brasil”, entre outros.

Com base na expertise da companhia, conheça mais sobre as ações da Caterpillar para ser a empresa campeã da preferência dos colaboradores e conheça 5 dicas para se tornar uma das melhores empresas para trabalhar no mercado.

  1. Trabalho com a liderança para promover engajamento

Como vimos na introdução, são muitos os reconhecimentos que a Caterpillar conquistou no mercado graças aos seus feitos. Em 2016, a companhia ganhou o prêmio de melhor lugar para pessoas com deficiência para trabalhar.

Já no renomado Great Places To Work, a instituição ficou 11 anos seguidos entre as 10 melhores empresas, sendo que no período 2008 – 2009 ela alcançou o primeiro lugar.

O que muitos não sabem é que, justamente nesse período, a empresa enfrentava um momento de grande crise, o que levou a muitas demissões e contenções. Assim, qual é o segredo de, mesmo em um cenário difícil, conseguir um lugar tão alto nesse ranking?

Para Flavio Ponzio, Gerente de RH da empresa, a resposta de se tornar uma melhores empresas para trabalhar pode ser encontrada em meio a diversas práticas e valores, a começar pela política da liderança. Fortalecer a liderança é o foco do RH e da companhia para gerar mais engajamento e melhorar o clima organizacional.

Para tal, a companhia tomou a polêmica decisão de “fechar as portas do RH para os funcionários”. “Foi uma decisão difícil”, comenta Ponzio, “mas isso foi feito para centralizar informação no líder, criar uma consciência de que ele tem responsabilidade pelo seu time”.

Nesse contexto, todas as dúvidas e questões que os colaboradores apresentam, eles precisam tratar com o líder, que foi capacitado e tem plenas condições de responder – líderes passam por treinamentos intensos de práticas e políticas de RH e aprendem, inclusive, a como fazer o cálculo dos salários.

De fato, o líder sempre pode procurar o RH caso esteja incerto sobre alguma coisa, mas esse processo de empoderamento do líder é algo que, hoje, faz parte da cultura do negócio.

Além disso, a Caterpillar tem um perfil de liderança bem definido, no qual o profissional é continuamente avaliado e precisa:

  • praticar os valores da empresa;
  • dar feedbacks para seu time;
  • inspirar os funcionários;
  • respeitar a diversidade;
  • atender bem os clientes internos e externos;
  • atender bem aos resultados do negócio;
  • ir além do esperado.

No mais, Ponzio assinala que as “regras de ouro” da gestão na Caterpillar – que são sempre reforçadas em treinamentos e workshops – são:

  • imparcialidade nas decisões;
  • conhecer pessoas e ter empatia;
  • confiança e transparência na comunicação.
  1. Desenvolvimento Interno

A Caterpillar tem uma política de igualdade de oportunidades, o que pode ajudá-la a ser uma das melhores empresas para trabalhar. Vagas em aberto são divulgadas internamente de forma transparente, sem que nenhuma pessoa seja indicada diretamente.

Para garantir que seus colaboradores estejam sempre no caminho da evolução, a empresa investe pesado em treinamentos e educação.

Eles contam com programas com o Desenvolvimento de Líderes, o Mentoring e o Mentoring Reverso, que é um case interessante no qual o presidente, altos diretores e gestores recebem mentoria de jovens que não são líderes, afim de reciclar seus conhecimentos e perspectivas.

Esse programa gerou resultados muito valiosos, como a de um diretor que, em contato com seu jovem mentor, mudou seu ponto de vista e quebrou seus próprios paradigmas e limitações a ponto de se tornar o grande apoiador de um projeto sobre diversidade.

Outra ideia para promover renovação de conhecimentos e práticas nos setores é o programa Job Rotation, no qual os gestores precisam fazer uma rotação na função de seu time de alguma forma. O intuito é evitar que as pessoas se acomodem em um determinado papel e busquem aprender coisas novas, reciclar conceitos e mudar pontos de vista.

  1. Boa política de benefícios

Benefícios atraentes fazem muita diferença na rotina e no bem-estar dos funcionários, além de ser um fator crucial para reter talentos e se diferenciar como uma das melhores empresas para trabalhar. Sabendo disso, a Caterpillar caprichou no pacote oferecido para seus colaboradores, que inclui:

  • assistência médica integral (duas opções de plano de saúde sem coparticipação para todos os beneficiários);
  • STIP (sigla para Short Term Incentive Plan, um pacote de bônus além do PLR);
  • apresentação de extrato anual que mostra como a empresa investiu em cada pessoa;
  • planos de educação financeira;
  • programa Vila Saúde – que inclui academia, atendimento médico, atividades, exames, medicamentos, entre outros.
  1. Respeito, segurança e acolhimento

Nas pesquisas de clima interno que são regularmente aplicadas e gerenciadas por uma empresa externa, os colaboradores sempre apontam que um dos maiores trunfos da Caterpillar é o ambiente de trabalho, já que estimula o bom relacionamento interpessoal e passa a sensação de ser convidativo.

Para Ponzio, esses conceitos são imperativos no dia a dia da companhia. “Queremos garantir um lugar fisicamente seguro para todos e assegurar também que as pessoas sejam sempre bem tratadas, independentemente do gênero, orientação sexual, etnia, etc.”, diz ele.

Para isso, a companhia tem o programa Diversidade + Inclusão, com o qual firma o compromisso de criar um ambiente plural e diversificado, de respeito e valorização de experiências, perspectivas e talentos únicos.

  1. Melhoria contínua para ser uma das melhores empresas para trabalhar

Por fim, Ponzio nota que, em termos de gestão de pessoas, a Caterpillar assume uma postura de estar insatisfeito, ou seja, existe uma vontade latente de melhorar sempre. Por isso, trabalham com 5 princípios importantes de gestão:

  • ser simples e ágil;
  • aprender com os erros, bem como com as práticas de mercado;
  • buscar constantemente a excelência (e não a perfeição);
  • ter uma política transparente e de responsabilidade compartilhada (sem centralizar decisões).

Como vimos, a experiência da Caterpillar nos mostra que o investimento no recurso humano gera resultados extraordinários tanto na retenção de talentos e na melhora do clima organizacional como na performance da companhia e no aumento de lucros.

Por isso, inspire-se nas dicas da companhia e promova essa transformação benéfica em seu negócio, se tornando uma das melhores empresas para trabalhar.

Autor

Renan Oliveira

Jornalista com experiência de treze anos em comunicação e atuação em segmentos como economia, indústria, ciência, tecnologia, turismo, esporte, cultura, gastronomia e terceiro setor.