Blog

Insights de gestão para você antecipar, assimilar e solucionar os seus desafios de negócio

Saiba como reduzir o nível do seu estresse no ambiente de trabalho
É preciso conhecer quais medidas podem e devem ser aplicadas para contornar as dificuldades profissionais, melhorando a qualidade de vida.

Conecte-se

[addthis tool=addthis_horizontal_follow_toolbox]

O estresse no trabalho é um mal cada vez mais comum e evidente no cotidiano de empresas de qualquer lugar do mundo e segmento de mercado.

As jornadas de trabalho são, inclusive, a causa da maior fatia de estresse do brasileiro, de acordo o International Stress Management Association (Isma – Brasil). De acordo com entrevistas realizadas por essa associação, 69% dos brasileiros declararam que o trabalho é sua principal causa de estresse.

É um número que impressiona, e coloca o Brasil como 2º país mais estressado com o trabalho, ficando atrás apenas do Japão. Esse estresse também é uma das maiores causas de afastamento do trabalho no país.

Desse modo, é preciso conhecer quais medidas podem e devem ser aplicadas para contornar esse problemas, reduzindo o estresse no trabalho e melhorando a qualidade de vida.

Neste artigo vamos te mostrar exatamente como reduzir o seu nível de estresse em seu trabalho. Ah, e leia até o fim, pois guardamos uma surpresa no final do conteúdo.

Reduzindo o estresse no trabalho: conhecendo as causas desse problema

Quando se lida com estresse no trabalho e procura-se soluções para tratar desse problema, a primeira coisa que devemos fazer é entender as causas desse mal.

Afinal, só conhecendo as raízes de um problema é que se pode trabalhar pela sua solução. Então vamos às causas do estresse no meio corporativo:

  • Sobrecarga de trabalho: É a principal causa de estresse no meio corporativo, derivada de uma demanda maior de trabalho que a pessoa pode assumir. Muitas vezes ocasionada pela empresa, mas algumas vezes o próprio funcionário assume trabalho em excesso;
  • Pressão de tempo e urgência: Alguns trabalhos possuem um deadline, que é um tempo limite para entregar uma determinada tarefa por exemplo. Essa pressão que o deadline causa muitas vezes leva ao estresse no meio corporativo;
  • Falta de perspectiva de crescimento: Especialmente comum em profissionais que não tem um planejamento de carreira bem traçado. O profissional se sente estagnado contra sua vontade, é como se o trabalho duro não o levasse a progredir;
  • Clima de insegurança: Um outro fator comum causador de estresse no trabalho é o clima de insegurança que o profissional pode sentir em alguns momentos. Diferente da estabilidade dos concursos, quem trabalha na iniciativa privada sabe que pode ser dispensado de um momento para o outro, o que gera um certo desconforto.

Agora que conhecemos as causas principais, continue lendo para conhecer alguns métodos práticos para tratar desse estresse.

Mantenha-se organizado e com uma quantidade de trabalho adequada

Uma vez que sabemos as razões que geram o estresse no trabalho, é importante tomar atitudes que as eliminem, ou ao menos reduzam esse estresse.

E a primeira dessas práticas é a de se manter organizado em relação às suas tarefas de trabalho, assim como tomar para si apenas uma quantidade aceitável de trabalho.

Tenha – para o seu trabalho – uma agenda constantemente atualizada para registrar as suas tarefas, seja pela ordem de entrega ou por sua prioridade. Isso pode ser feito em papel mesmo, ou através de cartões digitais de sites como o Trello.

Só essa prática já é capaz de auxiliar no processo produtivo no trabalho, evitar atrasos e desordens com as tarefas, o que reduz o estresse consideravelmente.

Mesmo assim, é importante que adicione a esse método o compromisso de pegar um volume adequado de tarefas. Pois não vai adiantar muito ter uma agenda organizada, se a sua capacidade de cumprir com as tarefas não for respeitada, certo?

Foque em seu trabalho e no valor dele

Como mencionamos ainda nesse conteúdo, o clima de insegurança em um ambiente corporativo é um dos fatores que desencadeia estresse. Realmente, o fato de poder ser demitido com uma maior facilidade e a qualquer momento em épocas de crise econômica pode deixar qualquer um nervoso.

Porém, é importante que o profissional faça o possível para não pensar a respeito dessa possibilidade, seja no ambiente de trabalho ou mesmo em sua casa.

Embora seja uma razão válida para ficar apreensivo e estressado, o profissional não possui controle direto sobre essa situação.

Desse modo, o que ele deve fazer é trabalhar com o máximo de foco possível em suas tarefas, a fim de executá-las com grande precisão e agilidade. Isso agrega valor ao profissional, assim como ajuda a ser visto na empresa como indispensável.

Deixe para pensar no trabalho apenas quando estiver em horário de expediente

Quando mantemos o hábito de levar trabalho para casa, pensar em tarefas que ainda não entregamos durante as refeições e pensar em compromissos profissionais nos próximos dias com frequência, estamos aumentando o nosso estresse à toa.

Uma coisa é fazer horas extras, pegar uma tarefa quase acabada e fazer alguns minutos após chegar em casa. São práticas assim ainda são saudáveis, se feitas modestamente. Agora, não é bom deixar que a vida profissional tome o espaço da pessoal ou familiar.

É preciso encarar a necessidade de separar suas obrigações profissionais da vida pessoal, deixando-as em seu ambiente de trabalho. De forma que você possa aproveitar o tempo que está fora do trabalho para espairecer, não deixando que o estresse se acumule.

Descubra o que está sendo feito em termos de saúde e bem-estar dentro das empresas atualmente

Nos tempos atuais, os cuidados com a saúde e bem-estar dentro das empresas têm recebido mais atenção.

Reunimos, em um conteúdo exclusivo, alguns importantes dados sobre o assunto que mostram como as empresas estão usando sistemas de gestão de saúde em seus negócios para melhorar a qualidade de se trabalhar na companhia, zelando pelo bem-estar de seus funcionários.

Vale muito a pena dar uma conferida, pois se trata de um material inédito.

➥ Quero saber mais sobre saúde e bem-estar dentro de uma empresa

Autor

Bruno Andrade

Bruno é CEO e co-fundador da Blueprintt. Ele é responsável por formular as estratégias e liderar nossa equipe à efetivamente ajudar líderes empresariais a antecipar, assimilar e solucionar desafios, proporcionando informações práticas e atuais sobre o ambiente de negócios.