Os impactos de um HRBP na transformação cultural da empresa

Share on linkedin
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

Com papéis cada vez mais estratégicos, os departamentos buscam por inovação e profissionais capacitados para atenderem às necessidades e atingirem os objetivos da companhia.

A transformação cultural é um processo comum nos últimos anos, ao chegar no RH, a busca da área é desmistificar a alcunha de “apagador de incêndios” para atuar estrategicamente na rotina, agregando valores através de pesquisas, dados, indicadores e melhorias de processos.

O conceito de RH estratégico já não é uma novidade, a modernização da área com tecnologia do alto escalão veio para otimizar o dia a dia dos colaboradores, porém, o desafio está em transformar o conceito em prática. O papel de um HRBP nessa etapa é fundamental para mudar a mentalidade para realmente influenciar os demais funcionários.

A área de Recursos Humanos é fundamental para que a transformação cultural aconteça na empresa, ela é responsável pela conexão no momento de mudança do tradicional para o novo. Ainda que possa parecer uma missão simples, pois o acesso à ferramentas e tecnologia estão mais democráticas que no passado, um ponto muito crucial para que a transição aconteça é o fator humano.

Conseguir trazer a liderança para seu lado é a principal missão do RH e do HRBP. Para entender melhor como funciona essa jornada na prática, a Blueprintt convidou Marcelo Valdman de Miranda, Head de RH e HRBP Latam na H. B. Fuller para participar do evento do Programa Executivo de Imersão para HR Business Partners.

Marcelo abriu sua participação relembrando como era o cenário em algumas das empresas que fazem parte da H.B. Fuller. O Líder destacou que o ambiente era muito familiar por ser uma empresa “paternal” e como isso impactava no dia a dia dos colaboradores.

“Não tinha padronização nenhuma (referente a benefícios), então na América Latina não existia isso, em São Paulo não existia isso. E o que isso gera? Descontentamento, desmotivação das pessoas e eu como HRBP quando cheguei foi um diagnóstico que fiz”, recorda.

Ações do HRBP na transformação cultural

Dentro do contexto lembrado por Marcelo, atitudes precisavam ser tomadas. Com a experiência adquirida sendo líder da América Latina e após o diagnóstico realizado, chegou a conclusão que alguns pontos mereciam atenção:

  • RH sendo a ponte com o time global;
  • Cultura focada em alta performance;
  • Foco no desenvolvimento dos skills necessários;
  • RH estratégico e apoiando o negócio;
  • Políticas de RH transparentes e alinhadas com o mercado;
  • HRBP focado no mercado LATAM;
  • Foco na comunicação;
  • Convencimento dos gestores para novas práticas e hábitos;
  • Nova estratégia de recrutamento.

“O RH sendo ponte com o time global, ou seja, todas as políticas, todos os processos globais, a gente tá trazendo para a América Latina, customizando um detalhe e outro, mas mantendo a essência desses processos. Isso faz com que a gente tenha a mesma cultura da empresa que está lá em Minnesota ou da empresa que está na Europa”, explica Marcelo.

Outro ponto que cabe o destaque é sobre a liderança, por vezes, a maior dificuldade não é investir nas ferramentas, inovar na disposição do escritório ou implantar um pensamento disruptivo, e sim, conquistar os gestores.

Cada empresa tem sua característica, contudo, alguns pontos servem de parâmetro. Grandes empresas têm sua forma de planejar e atuar no mercado e internamente, para o RH apresentar essa transformação cultural é por motivos graves — além de necessário.

Como trabalhar esse convencimento? Um dos caminhos é com pequenas mudanças que tragam resultados rápidos. A metodologia do ágil é uma grande aliada durante a jornada. Dessa forma, mostrando que com pouco tempo é possível reduzir custos e serviços burocráticos, transformando a rotina dos colaboradores, podendo extrair maior capacidade analítica de cada um.

Todas as etapas mencionadas por Marcelo são indispensáveis para que essa mudança aconteça com eficiência. Com a comunicação não é diferente, dentro desse planejamento funciona como um braço do RH, cabe também ao HRBP em conjunto com os gestores de comunicação alinharem as estratégias condizentes e pontuar as ferramentas para engajar o público interno.

Uma nova estratégia de recrutamento é beneficiada dentro da transformação cultural. Há diversas formas de traçar um plano de ação para recrutamento e seleção, um exemplo muito utilizado é a criação de uma plataforma personalizada, com critérios definidos facilitando a vida do candidato e do RH.

Por fim, a presença de um HRBP auxiliando no processo de transformação cultural é muito significativa, além de contar com um especialista, esse acompanhamento gera confiança e engajamento para os demais colaboradores.

Para saber mais sobre transformação cultural e o papel do HRBP, inscreva- se no Programa Executivo de Imersão para HR Business Partners. Clique aqui para mais informações

Sobre o autor

Artigos relacionados

Estratégias baseadas em grandes ideias vencem

Cadastre-se para receber mais artigos como este e domine sua função

Ao enviar este formulário você está concordando com nossos termos de uso e política de privacidade

Formulário enviado com sucesso

Clique para fechar

PROGRAma executivo de imersão para HR Business partners

Traduza a estratégia da sua organização em ações de RH que gerem valor real 

IMERSÃO PARA HRBP

Condições especiais por tempo limitado. Apenas 35 vagas disponíveis. 

Usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência com nossos serviços, personalizar publicidade e recomendar conteúdos de seu interesse. Ao continuar navegando, você concorda com tal monitoramento. Para mais informações, clique aqui.