Blog

Insights de gestão para você antecipar, assimilar e solucionar os seus desafios de negócio

8 dicas para você ter crescimento profissional em 2019
De forma simples, é possível se planejar para alcançar, de fato, novos degraus na sua profissão. Veja o que indica uma coach de carreira.

Conecte-se

[addthis tool=addthis_horizontal_follow_toolbox]

Com a chegada de um novo ciclo, é natural que façamos uma retrospectiva e também comecemos a refletir sobre o que esperar para o crescimento profissional em 2019.

É por isso que trouxemos alguns insights de quem entende, para ajudar você, leitor, a se planejar e alcançar, de fato, novos degraus na sua carreira neste ano.

Convidamos a coach de carreira e consultora em desenvolvimento humano e organizacional, Sueli Campos, para orientar nesse processo de transição e avaliação dos pontos de mudança que os profissionais devem estar atentos.

Vamos às dicas!

  1. Prepare-se para o contexto do País

Para Sueli, primeiramente, antes de olhar para si, é preciso enxergar o cenário ao redor. É fato que o Brasil precisa se desenvolver, independentemente da posição ou preferência partidária ou política de cada um.

E as perspectivas são hoje otimistas e de grande expectativa de aquecimento da economia. O fechamento de 2018 demonstra isso. Logo, estar preparado para o ano, é fundamental.

  1. Atualize-se para seu crescimento profissional

A coach é enfática: Atualizar-se, sempre e mais rápido, é fundamental.

Não se pode mais ignorar o que se passa no mundo e os impactos perto de nós. A notícia da tarde no dia seguinte já está na discussão do café da manhã da sua casa ou da empresa.

Não é necessário saber de tudo, mas, segundo Sueli, não se pode agir como um plâncton, que se deixa levar pela correnteza, sem capacidade de locomoção e está sempre boiando.

“Outro dia fui à uma rede grande de farmácia perto de casa e perguntei à atendente como eles estavam se preparando para o concorrente novo que se instalou na rua próxima”, conta Sueli.

“A resposta foi: ‘Os gerentes estão primeiro vendo o que os concorrentes vão fazer para pensar em alguma reação, mas nós temos uma clientela fiel. Estamos tranquilos’. Enquanto isso, o novo concorrente vai fechar uma hora depois dessa mesma farmácia, os atendentes já nos recebem com um sorrisão e já oferecem descontos”, conclui.

Em tempos de mudanças contínuas, Sueli revela que a agilidade é a palavra-chave para as organizações.

“Senso de urgência, atitude protagonista, fazer acontecer (oposto de foi um erro do sistema) e resiliência. O cenário mudou? Sinta o baque, respire fundo e adapte-se ao invés de ficar se queixando pelos cantos”, decreta.

  1. Aumente seu nível de adaptabilidade

A especialista traz outra característica fundamental aos profissionais que querem crescimento profissional em 2019: estar aberto ao novo e ao diferente do que está habituado.

Ela recomenda fazer algo diferente todos os dias. Nem que seja fazer um caminho diferente para casa.

Assim você vai ajustando seu modelo mental e quando encarar uma mudança grande, já tem uma chave instalada.

  1. Monte um inventário pessoal

Se conhecer, fazer um exercício de avaliação interna e observar suas forças e fragilidades, realizações e entregas concretas.

O que a sua história pessoal traz sobre você, como suas crenças e padrões de decisão, é importantíssima, principalmente para quem pretende mudar de trabalho, de posição ou de empresa.

Neste tipo de situação, aliás, é importante identificar também o que lhe motiva para o crescimento profissional: o ambiente, o estilo de liderança, o cultura, a atividade etc.

E o trabalho de pesquisa acaba sendo fundamental, tente entender sobre o setor, a empresa em que se deseja trabalhar, qual a necessidade dela, a função que aspira ocupar, como as suas competências se encaixam, gaps e fortalezas.

“Se o meu domínio de conhecimento já está caindo de uso, preciso me atualizar rapidamente. Se o meu conhecimento ainda vale, mas a tecnologia mudou, me adapto”, exemplifica.

  1. Tenha seu perfil na ponta da língua

A consultora em desenvolvimento humano e organizacional recomenda preparar também um discurso de elevador (elevator pitch, em inglês): tenha em 30 segundos, na ponta da língua, um resumo dos seus atributos e diferenciais como profissional e o que almeja.

Você pode usá-lo em um encontro inesperado, com alguém que teria influência na decisão do que almeja ou mesmo para ser breve em alguma interação social.

Uma boa forma de falar sobre você mesmo é a seguinte:

“Gostaria de aplicar/Tenho a oferecer a minha vasta experiência em…. /domínio do tema X/habilidade em gestão de pessoas… para uma empresa que busque crescer ou transformar…”

Isso pode ser uma ponte para uma entrevista, uma conversa mais profunda e abrir a porta para o crescimento profissional que você busca.

  1. Alimente seu networking

Algo que precisa ser fortemente trabalhado em 2019. Sueli afirma que existe uma estimativa de que 70% a 80% das posições e oportunidades do mercado estão nas mãos dos tomadores de decisão e nem sempre divulgadas publicamente.

Ela sugere antecipar-se para chegar a quem tem a decisão ou influência sobre a contratação da posição que lhe interessa.

Muitas pessoas deixam para cuidar disso só em uma transição de carreira, o que pode parecer só interesse pessoal.

Pesquise o setor, ouça atentamente os desafios do seu interlocutor e pense em como pode contribuir com os seus conhecimentos e habilidades.

“Ajude pessoas que estão em busca de oportunidades. Amanhã pode ser você do outro lado. Ouço de pessoas que atendo em transição de carreira: ‘Por que ninguém me avisou que eu precisava estar conectado e manter minha rede de contatos ativa?’. Em tempos de redes colaborativas e mundo dinâmico, parafraseando nosso amigo Fernando Pessoa, navegar é preciso”, aconselha.

Ela lembra também que o futuro está associado ao trabalho e não necessariamente ao emprego da forma tradicional que estamos habituados.

E esses comportamentos são essenciais para sobrevivência e seu crescimento profissional.

  1. Busque orientação

Para quem se sente perdido na carreira, desorientado em relação ao que realmente quer da vida profissional, Sueli recomenda solicitar um feedback de seus gestores ou de quem lhe conhece.

Busque orientação de profissionais ou pessoas que admira, que fizeram um caminho que você busca trilhar e que possa atuar como seu mentor.

Procure saber o que fez esse profissional chegar lá, que obstáculos enfrentou (nem tudo são flores), quais adversidades viveu, como criou sua rede de contatos, o que deu certo e, em seguida, fazer a sua lição de casa, adaptando o que ouviu à sua realidade e perfil pessoal.

“Não tente ser igual a ninguém. Nenhuma versão emprestada é melhor do que a nossa mesma lapidada”, acrescenta.

  1. Liste suas metas

A velha prática de listar metas ainda funciona. Sueli comenta que, no País das Maravilhas, para quem não sabe aonde quer chegar, qualquer caminho serve. Por isso, defina uma meta estratégica e vá quebrando por partes para atingi-la.

O que você pode começar a fazer amanhã para o seu objetivo? Em um mês, em três meses, em um ano? Sem mensurar e acompanhar, fica difícil saber onde está e como avançar.

Por fim, a especialista aconselha sempre se divertir. Trabalhar sempre pode ser prazeroso, quando se faz o que se gosta.

E fazer isso de forma leve, sempre torna cada um de nós mais interessante, agradável. Abrir sua reunião com um simpático café da manhã, com uma troca sobre filmes interessantes e que insights trazem para o grupo, ou seja, a conexão humana.

“Recentemente fui a uma festa de aniversário de 50 anos. Temática de heróis e vilões. Poucas vezes vi as pessoas tão naturais e descontraídas de, por uma noite, serem um personagem de sua infância ou de sua admiração. Por que não ousar?”, reflete Sueli, sugerindo que você encontre o papel que deseja atuar na sua vida.

Ao traçar a sua meta, projete-se e imagine que conversa você gostaria de ter consigo mesmo(a) daqui a seis meses ou um ano, por exemplo.

Algo como “Parabéns, você chegou aonde queria”.

Vamos colocar em prática?

Aliás, uma dica interessante para quem está procurando ampliar seus conhecimentos e alcançar o crescimento profissional em 2019 é o Bluprintt Box.

Trata-se de um clube de livros de gestão, de liderança e de negócios. Todos os meses uma equipe especializada seleciona um título e envia para sua casa.

Com a ajuda de um plano de leitura e usando apenas 25 minutos por dia, você consegue concluir um livro todo mês.

Afinal, o hábito da leitura é fundamental para qualquer profissional e sabemos que este é um desafio para quem trabalham demais.

Conheça o Blueprintt Box clicando aqui.

Autor

Jessica Moraes

Jessica é formada em Jornalismo e Pós Graduada em Marketing Digital, escreve sobre Negócios, Tecnologia, Inbound Marketing, Moda e Empreendedorismo.