Blog

Insights de gestão para você antecipar, assimilar e solucionar os seus desafios de negócio

Por que somente o treinamento não basta para desenvolver um líder
Estudo demonstra que os gestores são formados com base na exposição a três níveis de ações de desenvolvimento. Veja quais são eles.

Conecte-se

[addthis tool=addthis_horizontal_follow_toolbox]

Muitas pessoas se perguntam se é possível e como desenvolver um líder.

 

Sim, é possível.

 

O nível de desenvolvimento depende de diversos fatores como personalidade, valores, estabilidade emocional, histórico de vida e vários pontos que impactam diretamente o comportamento das pessoas.

 

Por outro lado, existem ações de desenvolvimento que podem trabalhar diretamente as competências requeridas para a função e, de forma indireta, o comportamento dos novos líderes.

 

O que não podemos ter em mente é que apenas treinamentos têm o poder de transformar ou desenvolver pessoas em novos líderes.

 

E é sobre isso que vou falar neste artigo hoje.

 

Teoria 70:20:10

 

Uma pesquisa feita por Morgan McCall e seus colegas do Center for Creative, na Carolina do Norte, elaborou uma nova visão para a formação de líderes, chamada de teoria 70:20:10.

 

O estudo demonstra que os gestores são formados com base na exposição a três níveis de ações de desenvolvimento.

 

Os pesquisadores alegaram que as competências são provenientes de missões mais delicadas e experiências (70%); interação com outros profissionais, principalmente seus superiores (20%); e treinamentos e estudos pessoais, que representam os 10% da teoria criada com base nesse estudo.

 

Esta pesquisa foi um marco na educação corporativa, pois mostra alternativas de desenvolvimento que não somente os treinamentos, e sim outras ações que, juntas, representam 90% de impacto na formação de líderes.

 

Hoje, a crença é que a carreira é responsabilidade da própria pessoa e não necessariamente da empresa na qual ela trabalha.

 

Deste modo, a pergunta-chave que faço é: o que você está fazendo para se desenvolver como líder dentro dos limites da teoria 70:20:10?

 

 

Plano de desenvolvimento

 

Normalmente vejo os jovens com uma preocupação muito grande com ações que representam os 10% da teoria e implicam apenas 10% de impacto na formação de líderes.

 

Devemos rever nossos conceitos e refletir que estas ações tradicionais de desenvolvimento são muito importantes, mas não atuam sozinhas na formação para alcançar cargos de liderança.

 

É preciso se fazer perguntas como:

 

  • Que experiências são necessárias em nossa carreira para nos desenvolvermos como líderes?
  • Devem ser experiências nacionais ou internacionais?
  • Essas experiências dependem exclusivamente das empresas em que trabalhamos?
  • Que pessoas poderiam, de fato, nos ajudar a reduzir os gaps de competência que temos?
  • Estamos abertos, realmente, às mudanças?

 

Pense nestas perguntas e trace um plano de desenvolvimento para sua formação de líder.

 

Com este plano, trilhe sua carreira totalmente suportada em ações que desenvolva você como líder para os momentos atual e futuro.

 

Quando chegar à conclusão das competências a serem desenvolvidas e de seu plano de execução, inicie o passo seguinte:

 

Definir uma visão de futuro que te mostre as competências requeridas para os próximos 10 anos. Aliás, escrevi sobre isso neste artigo.

 

As pesquisas revelam que 75% da força de trabalho será constituída pela geração millennials.

 

Você está preparado para liderar esta geração? Você já pensou se tem a competência para liderar equipes virtuais?

 

Pense em tudo isto e se prepare para hoje e para o futuro.

 

Afinal, como dizem alguns especialistas, vivemos um apagão de líderes.

 

Esta pode ser sua oportunidade para uma carreira profissional de sucesso.

 

Até a próxima.

Autor

Armando Lourenzo

Diretor da Universidade Corporativa da EY (Ernst Young) para Brasil e Latam Sul e Presidente do Instituto EY (Ernst Young). Professor da FIA, Casa do Saber e USP. Doutor em Administração e Mestre em Recursos Humanos pela FEA/USP. Autor de livros e artigos na área de negócios. Palestrante em eventos nacionais e internacionais. Premiado com um dos três melhores “Learning Leader of the Year” pelo IQPC em US (2016 e 2017). Colunista fixo no app da revista Você SA.