Blog

Insights de gestão para você antecipar, assimilar e solucionar os seus desafios de negócio

Como exercer a liderança de fato e influenciar pessoas
Não adianta fazer as coisas antigas e aguardar novos resultados. Dê o primeiro passo, seja um líder confiante, com disposição e vontade.

Conecte-se

Como você tem trabalhado sua liderança? Acredita em si como um líder que pode influenciar as pessoas sobre seu comando?

Ou tem usado táticas aleatórias para manter seus colaboradores motivados? Liderança é uma arte.

50
%

Off

Blueprintt Box, o melhor clube de assinatura de Livros de Gestão do Brasil! Com desconto e 30 dias para cancelar.

Longe de ser uma frase clichê, essas palavras encerram uma verdade que deveria ser melhor observada por todos os que buscam estar à frente de uma equipe.

Sim, porque a liderança pode ser a chave para o sucesso de uma empresa. Ou pode levar toda a equipe a naufragar.

Vai depender de como o líder se posiciona. E é sobre isso que vou falar neste artigo.

Vou mostrar como muitos líderes têm lidado com os novos conceitos de organização de forma despreparada – e como isso pode levar muitos negócios ao fracasso.

E mais ainda. Vou te explicar o que é a liderança nos dias de hoje. E como saber planejar e utilizar as estratégias corretas pode fazer sua empresa atingir um novo nível.

Continue lendo para entender melhor sobre o assunto.

O que é mesmo liderança?

Você pode buscar no Google.

Haverá milhões de definições para a palavra “Liderança”, passando pelos termos “Líder” ou “Liderar”.

Além de frases impactantes de grandes autores, você vai encontrar conceitos comuns para liderança.

Resumindo, significa conduzir um grupo de pessoas, levando-as a agirem de forma a gerar resultados para uma organização.

Chefe e líder é a mesma coisa?

Hoje em dia as pessoas não se cansam de propagar as diferenças entre líder e chefe.

Justamente para desmistificar aquela figura autoritária do chefe que só sabe mandar e não consegue motivar seus colaboradores a vestir a camisa da empresa.

Fala-se muito do chefe que manifesta sua autoridade de forma rude, impondo ordens e centralizando o poder. Do gestor que enxerga seus colaboradores como subordinados.

Para este profissional, não existe bem comum. Mas, sim, uma postura de “eu mando, eles obedecem”. O chefe autoritário tem tudo de seus colaboradores, menos respeito.

O funcionário sob sua chefia pode até ser pontual e cumprir rigorosamente as funções. Mas com o tempo vai perder o entusiasmo com as tarefas.

Uma série de contratempos pode começar a se manifestar.

Não é preciso dizer que este tipo de papel não leva a grandes resultados. Se não a curto prazo, a médio e longo prazo, atitudes como estas podem se revelar um fracasso.

Chefes que não sabem ser líderes

O mundo empresarial está cheio deles. Homens e mulheres que assumiram a função de chefia, mas que estão perdidos sem saber como se posicionar diante dos seus subordinados.

Alguns são muito bons no que fazem. Conhecem todo o processo do trabalho da equipe e são experts em tomar decisões.

Mas não conseguem motivar a equipe, levando-a a caminhar rumo aos resultados.

Estão claramente sem rumo e podem, a qualquer momento, perder o controle e levar a companhia a naufragar.

Se essa é a sua situação e ela parece desesperadora, eu tenho uma boa notícia. Não se nasce líder. Liderança é algo que se aprende.

A liderança vai além do ambiente de trabalho

Há uma infinidade de livros sobre liderança no mercado. É difícil um líder ou aspirante a líder que não tenha lido o clássico “O Monge e o Executivo”, de autoria de James Hunter.

O livro conta a história de John Dally, um homem de negócios bem-sucedido que percebe, de repente, que está fracassando como chefe, marido e pai.

Alguma novidade aí? Possivelmente não.

Pessoas que não conseguem lidar bem com os revezes da carreira, frequentemente veem suas vidas envolvidas em fracassos.

As dificuldades profissionais se manifestam em outras áreas da vida que, quando menos se espera, começam a desmoronar. E isso pode ser perfeitamente explicado.

Se alguém não consegue influenciar as pessoas de sua equipe, acabam não tendo satisfação em suas tarefas e a harmonia em seu ambiente de trabalho. E, dificilmente, conseguirá ter a mesma postura em casa ou no grupo de amigos.

Características de um líder

Um líder eficiente detém o conhecimento de como influenciar as pessoas a receber suas ideias, com confiança e criatividade, buscando a excelência. O líder sabe diferenciar entre poder e autoridade.

Além de dinâmico em suas ações, o líder sabe que precisa construir relacionamentos enquanto executa as tarefas.

Deve criar um ambiente saudável para as pessoas crescerem e terem sucesso, provocando questionamentos que as levem a fazer as melhores escolhas.

A liderança começa com uma escolha, o que significa encarar as responsabilidades, assumir e alinhar as ações com boas intenções. É preciso, sobretudo, sair da zona de conforto e se permitir novas formas de pensar e de ver o mundo.

Outra qualidade que se espera de um líder é saber tratar os outros com bondade, reconhecendo o esforço de cada um.

Quando se exerce a liderança dentro desses conceitos, é possível fazer a diferença na vida das pessoas.

Saber ouvir, uma habilidade inegociável de um líder

Ninguém sabe tudo sobre todas as coisas. E todo mundo tem consciência disso.

No entanto, existe uma cobrança para que alguém que esteja em uma linha de frente tenha todas as respostas. E não é bem assim.

Por isso, a principal habilidade de um líder é saber ouvir. É preciso ter a humildade de admitir que não sabe tudo, mas que está sempre disposto a aprender.

Aliás, com o tempo se percebe que esta é uma habilidade importante no sentido de influenciar pessoas. Só assim trabalharão entusiasmadas, buscando atingir os objetivos do grupo e não somente os individuais.

Entenda porque liderança é algo que se aprende

Ao contrário do que muita gente pensa, liderança não é um talento nato. As pessoas podem e devem aprender a serem bons líderes. Uma frase do livro de Hunter diz exatamente isso.

Que a liderança começa com a vontade e que é nossa única capacidade que os seres humanos possuem para sintonizar as intenções com as ações. E, dessa forma, escolher o comportamento.

Portanto, o primeiro passo para quem deseja ser um líder motivador e confiante é se munir de conhecimento. Aprender a ser um líder requer disposição e vontade.

Mas os resultados são gratificantes.

Quer se tornar um grande líder?

Comece agora.

Com apenas um click, terá acesso a conteúdos exclusivos. Aceite esse desafio e se torne cada vez mais líder.

Conheça o Blueprintt Box, uma ferramenta que auxilia na gestão de empresas e lideranças, através da leitura de excelentes livros sobre gestão.

Autor

Bruno Andrade

Bruno é CEO e co-fundador da Blueprintt. Ele é responsável por formular as estratégias e liderar nossa equipe à efetivamente ajudar líderes empresariais a antecipar, assimilar e solucionar desafios, proporcionando informações práticas e atuais sobre o ambiente de negócios.

Conecte-se