Blog

Insights de gestão para você antecipar, assimilar e solucionar os seus desafios de negócio

Leitura é um hábito na vida de homens de sucesso. Quantos livros você lê por ano?
Muitos profissionais usam a leitura como forma de movimentar as ideias de negócios e resolução de problemas. Saiba como escolher os livros corretos.

Conecte-se

O hábito da leitura é algo que personalidades de sucesso têm em comum.

 

50
%

Off

Blueprintt Box, o melhor clube de assinatura de Livros de Gestão do Brasil! Com desconto e 30 dias para cancelar.

Warren Buffet, Oprah Winfrey, Bill Gates e Mark Cuban, embora atuem em diferentes áreas, compartilham de muita prosperidade em suas carreiras.

 

Nenhum desses nomes abre mão de reservar momentos exclusivos para a leitura.

 

Cuban declarou à imprensa que lê durante três horas por dia. Buffet diz que ler é uma atividade realizada durante cinco ou seis horas do seu dia.

 

Em que esses grandes profissionais apostam? Na leitura como forma de movimentar as ideias de negócios e resolução de problemas. Além dos livros, investem tempo em adquirir informações de diferentes fontes da imprensa. Portanto, não se surpreenda se souber que eles leem cinco ou seis jornais por dia.

 

Oprah Winfrey já creditou boa parte do seu sucesso às leituras realizadas durante sua vida. Ela chega a definir livros como passe para a liberdade pessoal.

 

O fundador da Nike, Phill Knight, venera a sua própria biblioteca.

 

Quando perguntaram a Elon Musk sobre como ele aprendeu a construir foguetes possantes e inovadores, ele simplesmente respondeu: “li livros”. Seu irmão até relatou para a imprensa que Musk cresceu lendo dois livros por dia.

 

Grandes nomes do mundo corporativo vivem em uma agenda apertada, com muito trabalho e muitos compromissos.

 

Ainda assim, mantêm tamanha dedicação à leitura porque sabem o quanto perdem ao deixar essa atividade de lado.

 

E você, quantos livros lê por ano?

 

Ler esse artigo até o final será um desafio para você?

 

Acompanhe com atenção os próximos parágrafos, vou te apresentar algumas que podem te ajudar muito a desenvolver e fortalecer o hábito de leitura.

 

Como adquirir o hábito da leitura?

 

Aqui na Blueprintt, ajudamos executivos e homens de negócio a desenvolver suas carreiras.

 

Por entendermos o cotidiano atribulado e repleto de atividades que exigem muito raciocínio do executivo brasileiro é que recomendamos iniciar com 25 minutos de leitura por dia.

 

Adotar o hábito da leitura é saudável para a sua mente e, por consequência, para o seu negócio.

 

Saiba que, de acordo com dados apurados pela 4ª edição da pesquisa Retratos da Leitura pelo Brasil em 2015, a leitura não é o forte dos brasileiros.

 

A média de livros lidos a cada ano não chega a 5 entre nós.

 

Mas isso é a média. Isso não significa que você tenha que ser medíocre (que vive na média).

 

Você pode melhorar seu hábito de leitura iniciando com 25 minutos por dia. Com isso você conseguirá ler um livro por mês e, já estará em posição de vantagem perante a maior parte da sua concorrência.

 

É essa transformação de vida que nós oferecemos com a Blueprintt Box. Com ela você poderá acelerar seu desenvolvimento profissional lendo 1 livro por mês.

 

Comece devagar. Com a proposta da Blueprintt, você receberá 1 livro por mês na sua casa.

 

O título de cada mês é selecionado cuidadosamente por nossa equipe de especialistas sobre meio executivo brasileiro.

 

Reservar um tempo e um local para ler aumenta as chances de você criar uma regularidade para o hábito na sua rotina.

 

Esse planejamento acostuma o cérebro com a leitura todos os dias, naquele mesmo lugar e naquele mesmo horário.

 

O que ler?

 

Saiba que 1200 dos indivíduos que mais acumularam fortunas no mundo leem compulsivamente. Os motivos?

 

De acordo com Thomas Corley, autor do livro “Rich Habits: The Daily Success Habits of Wealthy Individuals” (sem título oficial em português), as pessoas mais ricas leem para fins de aperfeiçoamento, educação e sucesso.

 

Enquanto isso, o estudo do autor também revelou que as pessoas com renda mais baixa leem principalmente para o entretenimento.

 

Isso significa que quantidade é bom, mas é preciso selecionar com rigor aquilo que será lido. Por isso, invista em leituras que tragam conhecimento duradouro.

 

Falamos aqui em altos volumes de leitura para exaltar a importância que as pessoas de sucesso dão para o hábito.

 

Mas, de nada adianta ler muito sem que a leitura de fato agregue aos seus conhecimentos.

 

Nassim Nicholas Taleb, filósofo contemporâneo e autor dos conceituados “Antifrágil” e “A lógica do Cisne Negro” (que já indicamos neste post) como um dos títulos que todo homem de negócios deve ler, traz uma regra de ouro para quem tem dificuldades em selecionar suas leituras:

 

“Não leia nada com menos de 100 anos”.

 

Essa regra não precisa ser seguida à risca, afinal nada é absoluto.

 

No entanto, entenda que livros que continuam relevantes mesmo com o passar do tempo são aqueles com mais potencial para agregar valor aos seus conhecimentos.

 

Basta olhar para a literatura corporativa produzida em 1990, por exemplo. Muito do que se dizia naquela época já não faz mais sentido.

 

Mas, uma obra centenária – ou que chega perto disso – que ainda é recomendada pelos grandes nomes sempre será uma boa escolha.

 

Use esse critério quando estiver na dúvida.

 

Diversifique as leituras

 

Conforme seu corpo e seu cérebro se acostumam com o novo hábito multimilionário, você pode inserir literatura de diferentes áreas.

 

Warren Buffet não diversifica apenas seus investimentos, mas também suas leituras.

 

Leia sobre diferentes épocas, escolha autores de etnias e localizações variadas, além de temas diversos. Leia biografias, estudos de caso, ficção…

 

Isso vai permitir que você veja as mesmas situações de diferentes ângulos e oxigene o mundo das ideias com novidades. Quanto mais pontos de vista você tem sobre o mesmo problema, mais possibilidades de solucionar você encontra.

 

Além disso, intercalar leituras fixa ainda mais o hábito e intensifica a taxa de aprendizagem. Seu cérebro está o tempo todo aprendendo e processando novas informações.

 

O clube de livros Blueprintt

 

Criar um novo hábito é mais fácil quando temos apoio. A leitura tem uma característica de atividade solitária que muitas vezes inibe as pessoas a fazerem dela um costume.

 

Quando pensamos em um filme, um show, entre outras opções culturais, é fácil inserir a família e os amigos. Porém, não há como chamar um amigo para ler um livro.

 

Algo comum quando estamos lendo são os insights retirados da leitura.

 

Parece que estamos lendo algo que foi escrito especialmente para nós, ou para aquele momento ou situação específicos. A vontade de compartilhar esses insights é grande.

 

Para não perder a brilhante ideia do momento relacionada a leitura, seja enquanto lê ou não, recomendamos que você anote.

 

No clube de livros Blueprintt, além da curadoria especializada e do planejamento sugerido, você conta com uma área de membros onde pode compartilhar suas impressões sobre a leitura e conhecer os lampejos alheios.

 

Estamos na metade de 2018 e se o seu objetivo era ler mais livros por ano saiba que ainda é possível bater essa meta.

 

➥ Conheça agora mesmo o clube de livros Blueprintt Box.

Autor

Bruno Andrade

Bruno é CEO e co-fundador da Blueprintt. Ele é responsável por formular as estratégias e liderar nossa equipe à efetivamente ajudar líderes empresariais a antecipar, assimilar e solucionar desafios, proporcionando informações práticas e atuais sobre o ambiente de negócios.

Conecte-se