Conheça as vantagens e benefícios do CSC 4.0

CSC 4.0
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp

O conceito de CSC (Centro de Serviços Compartilhados) é focado em padronização, para otimizar os processos da empresa. Com isso, o rendimento aumenta e por consequência, reduz tempo e custo. Ainda assim, profissionais da área perceberam que poderiam ajudar de outra forma com base na melhoria contínua. Sendo mais estratégico e tático, assim surge o CSC 4.0.

Hoje, a maioria das empresas buscam por dados, e conhecer o seu público (interno e externo) é uma grande vantagem competitiva. Por exemplo: um aplicativo de entrega de alimentos consegue identificar que tipo de comida, qual o horário que o cliente costuma fazer o pedido, a periodicidade, quantidade, entre outras informações para criar um perfil do usuário, facilitando a busca dos clientes. Essa tecnologia é conhecida como Big Data.

Trazendo para o universo corporativo, um setor que passa por essa constante transformação é o backoffice, porém, nem todos os gestores optam por um atendimento 100% digital. O ideal é realizar a digitalização dos processos desde o primeiro contato como primeiro passo para o CSC 4.0.

Crie um portal de CSC com os seguintes tópicos:

  • Que seja o único ponto de contato;
  • Acompanhamento de solicitações;
  • UX colaborador;
  • Avaliação dos serviços.

Feito isso, se atente ao processos de digitalização ou RPA:

  • Automação das atividades transacionais;
  • Escalabilidades de iniciativas.

E o último passo é investir em coleta de análise, criar um dashboard:

  • Visibilidade de resultados por público;
  • Fonte única de informações.

Características do CSC 4.0

Perceberam algumas coincidências no passo a passo acima? Centralizar — método característico do CSC — o contato e as informações, cada um com a sua ferramenta.

Mesmo seguindo premissas parecidas, a mudança de mentalidade tem que acontecer para o CSC caminhar para o digital. A área já carrega uma vantagem por inserir automação nos processos, mas agora é necessário ser disruptiva para se tornar tática e estratégica.

Fabio Jacob, Diretor de CSC do Grupo Boticário foi convidado a participar do Programa Executivo de Imersão em Shared Services, realizado pela Blueprintt e comentou sobre a análise de dados a partir da digitalização dos processos, confira:

“A ideia é ter o analytic (inteligência analítica) embaixo de cada etapa do processo, normalmente ele é encontrado no final (…) quando um dado está no digital, você consome ele no momento em que está acontecendo e esse é o grande ganho para mim na digitalização dos processos”, afirma.

Até o momento citamos duas ferramentas que são características do conceito do CSC 4.0, big data e o analytics, e existem outras, como machine learning e blockchain.

Outro passo essencial é a transformação do RPA em todos os setores. Logo, os processos que já estão criados se tornam digitais e os que ainda vão nascer já serão digitalizados, seja no atendimento interno, de fornecedores e se for o caso, de revendedores.

Adaptar todos os processos de atendimento com o conceito do CSC 4.0 de acordo com o público. A comunicação irá fluir de forma mais lisa uma vez que as informações serão centralizadas em um único portal. Além de controlar a gestão de riscos também.

Data Science é o futuro

Se caso você nunca ouviu falar sobre Data Science nas empresas, é melhor ir se preparando, pois é uma tendência que será realidade a curto prazo nas organizações.

Data Science para o negócio é a ciência que estuda os dados da empresa, através de processos que começam desde a captura até a conversão dos dados. Ela possibilita realizar análises e gerar panoramas para chegar no resultado da pesquisa. Com o conhecimento em diversas áreas como matemática, estatística e programação.

Como ela pode ser útil ao seu negócio?

  • Mecanismos de busca;
  • Comparação de preços;
  • Financeiro;
  • Propaganda digital.

Quais os benefícios e vantagens?

  • Precisão nas tomadas de decisão;
  • Previsão de demandas;
  • Contenção de clientes;
  • Otimização de segurança.

O Data Science e o CSC 4.0 estão pautados pelo mesmo guarda chuva, a Internet das Coisas. O executivo que se dedicar a esses temas irá sair na frente para tornar o CSC totalmente digital.

Ficou interessado no assunto? Acesse o nosso site e se inscreva para o Programa Executivo de Imersão em Shared Services. Clique aqui e saiba mais!

Sobre o autor

Artigos relacionados

Estratégias baseadas em grandes ideias vencem

Cadastre-se para receber mais artigos como este e domine sua função

Ao enviar este formulário você está concordando com nossos termos de uso e política de privacidade

Formulário enviado com sucesso

Clique para fechar

Usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência com nossos serviços, personalizar publicidade e recomendar conteúdos de seu interesse. Ao continuar navegando, você concorda com tal monitoramento. Para mais informações, clique aqui.

IMERSÃO EM SHARED SERVICES
Condições especiais por tempo limitado. Apenas 35 vagas disponíveis